Como o Tempo é sábio e senhor de si! Como pode o tempo nos repelir e atrair das situações, coisas e pessoas dentro de sua amplitude e paciência, como um pai amoroso para alguns ou severo para a maioria. Há aí um mistério criado pelo homem sobre o Senhor Tempo, quando na verdade seu próprio tempo é simples e doce aos que vivem o agora - e apenas o agora, como canta o poeta.

Canção do dia de sempre

"Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...


E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas... "
_Quintana

Tudo isso para dizer que trombei com um e-mail antigo, que venho guardando para ler, cujo conteúdo revela exatamente o que venho sentindo.
Tomo a liberdade de compartilhar o texto da querida amiga Amanda Cordeiro, belíssimo, porque verdadeiro.

http://cronica-mente.blogspot.com.br/2011/12/tres-quartos-vazios.html

... e às vezes precisamos de freios na vida para contemplar as flores à margem do caminho.

Comentários

Postagens mais visitadas